[Evento ]Bienal do Livro de São Paulo 2016

   A Bienal do Livro é a maior feira de livros do país e (como o nome diz) acontece a cada dois anos em São Paulo. A feira reúne desde as maiores editoras á autores independentes, além de outras atrações culturais, palestras e muitas seções de autógrafos. 


  Uma atração bacana na Bienal é o Dia do Cosplay em que todos os fantasiados entram de graça. Fui de Emília (Sitio do Pica-Pau Amarelo), meu namorado Marcos foi de Elfo (Universo de Tolkien), minha irmã e meu cunhado, Thamy e Allan, foram de Mary Poppins e Bert. Infelizmente a câmera deu problema na bateria, por isso não tivemos fotos muito boas.






PS: A moça da foto do meio com a pequena Harley é Angie Stanley, autora do livro Realidade Alternativa e estava fantasiada como sua própria personagem, achei o máximo!





 Não pretendíamos ir outros dias na feira, mas o pessoal da Ler Editora e Mundo Uno nos presenteu com ingressos para a semana e voltamos na quinta. Então na quinta a galera do stand Ciranda Cultural nos deu Ingressos para voltar na sexta. E na sexta o povo do stand do autor Mauro Felippe nos ofereceu ingressos para o final de semana, porém já tínhamos outros compromissos. Muito obrigada pessoas maravilhosas! 


  Separei aqui alguns dos stands que mais gostei. O stand que mais me surpreendeu (e creio que não só a mim) esse ano com certeza foi a Rocco, que seguiu a temática de seu livro mais popular, Harry Potter, e teve até a plataforma 9 3/4 para tirar foto. 


 



   O stand da FAMBRAS (Federação das Associações Muçulmanas do Brasil), estava lá com um stand magnifico com o intuito de apresentar mais sobre essa cultura e tirar o preconceito dos desconhecidos. Também tinha uma mini-exposição sobre alguns muçulmanos que realizaram grandes feitos que ficaram na História.






  O stand da Turma da Mônica era IMENSO, havia diversas atrações para as crianças, e estava bem caprichado.







  O stand do instituto IRIS Cão Guia de inclusão social de pessoas com deficiência visual estava arrecadando fundos vendendo bichinhos e chaveiros super fotos, e esses amiguinhos fofos estavam lá para ajudar, Também estavam divulgando o livro Minha Vida com Boris, de Thays Martinez, fundadora do instituto IRIS.


 



   O stand da Livraria Loyola estava com uma pequena exposição do O Pequeno Príncipe e divulgação do livro "







  Em questão de preço, os melhores eram da Ciranda Cultural e da Top Livros, com o valor mais baixo de R$5 para livros infantis e muita coisa legal a partir de 10, apesar de serem bem bagunçados e sem opção de busca, tinham várias coisas legais para se achar por lá. Outros stands que estavam com um "in$entivo" bacana era LeYa, que davam brindes bem legais na compra de alguns títulos, e a Martins Fontes, com todos os títulos a metade do preço.




   Alguns stands que estavam bem trabalhados na arquitetura. Editorial Record, Companhia das Letras  (que estava com um desconto bacana nos boxes) e Editora Planeta.


 Exposição "Cem erros nossos de cada dia" do Museu da Língua Portuguesa. Composta por painéis que fizeram parte da mostra temporária "Menas, o Certo do Errado, o Errado do Certo", que esteve em cartaz no Museu em 2010. Os painéis apresentam cem erros cometidos com frequência e com frequência não são percebidos, em cada quadro havia uma nota de rodapé explicando o erro e qual seria a maneira certa de escrever.







  O stand do autor Mauro Felippe foi montando inteiramente pelo autor independente para divulgar seus livros de poesia Ópio, Espectros e Nove. Os poemas são tocantes, a arte dos livros é fantástica e o stand também ficou muito bem trabalhado. Além disso parte do valor arrecadado com as vendas foi destinada à Casa Guido, ong que auxilia crianças com câncer de Santa Catarina. 





  Um dos stands que eu mais gosto na Bienal desde que fui pela primeira vez em 2010 é o do Os Menores Livros do Mundo. São livros artesanais minúsculos perfeitos, literalmente de bolsos, mas o texto é completamente legivel. 




 Conhecemos a Ler Editora e a Mundo Uno que estavam em parceria com alguns autores independentes também. Conhecemos autores novos que nos contaram diretamente sobre a história de seus livros, de maneiras fantásticas, e para isso foi o que mais valeu nessa Bienal para mim. Mais para frente resenharei cada um deles. Conhecemos Mallerey Cálgara, autora de O Segredo da Caveira de CristalCatia Mourão; de Entre Nós; Lilian Reis, de A Garota de Treze; Eleonor Hertzog, de Cisne; Lucinei Campos, de Lavínia e a Árvore dos Tempos (que também estava fantasia como seu personagem Lorivaldo) e Keila Gon, de Luz de Inverno. Todos os autores eram muito simpáticos e foram incriveis contando as histórias de seus livros, e também fiquei encantada com as artes das capas, muito lindas!







 Na sexta-feira eu aproveitei para levar o Steve (Vocês lembram dele né?), ele ficou bem chateado por não tê-lo levado nos outros dias, ele gosta de sair nas fotos.


Letícia Godoy, autora de Deixe-me Entrar, no stand da Editora Arwen. 
Cosplayers divulgando os livros  A Rainha Sombria e A Caçadora 

Fui tirar foto das meninas de Hogwarts da foto à direita. mas quado me aproximei delas elas me olharam com cara de supresa e falaram "Gente, achamos a Luna Lovegood! Você é igualzinha a ela, tira foto com a gente!" E a menina da Corvinal me emprestou o cachecol para sair com mais cara de Luna na foto.  Amei!



Saldo final:

Prêmio consumidor: 1º Lugar: Marcos, 2º Lugar: Tary, 3º Lugar: Thamy

Livrinhos novos para minha prateleira e presentinhos para a sobrinha.

Saldo de marcadores e de brindes



E este foi o resumão dos meus passeios na Bienal do Livro de São Paulo 2016. Quem mais aí foi na Bienal? O que mais acharam de interessante por lá? Deixem nos comentários!

Fotos por:
Tary Belmont
Marcos Maziviero 

20 comentários:

  1. Genteee eu preciso ir na bienal daí na próxima edição. Sempre que você faz esses posts sobre a bienal eu fico louca, principalmente pelas promoções de livros e os estandes maravilhosos. É realmente uma pena que eu não tenha conseguido ir para SP antes,para ir na bienal, mas mês que vem acho que já irei dar as caras por aí hahaha... Ahh e você realmente ficou a cara da Luna nessa foto, super apoio você fazer cosplay dela. ♥
    X J X C X

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente, faz uns bons anos que me uma amiga minha minha falou que eu pareço a Luna e deveria fazer ela, eu só enrolo, e desde então já apareceram várias pessoas que me paravam na rua pra falar que pareço ela! kkk

      COMO ASSIM TU BEM PRA CÁ SUA QUENGA????? BORA MARCAR ALGUMA COISA!

      Bites!

      Excluir
  2. Adorei a postagem! Foi realmente muito legal a bienal esse ano, mesmo não tendo planejado ir tantos dias, acabei comprando mais coisas que imaginava. Também gostei muito dos autores independentes, não vejo a hora de ler os livros deles.

    E curti muito as fotos do Steve, ri bastante, hahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, você saiu até com mais coisa que a gente.

      Todos ama Steve.

      Bites

      Excluir
  3. Pena que não vi vocês lá! Terão próximas ^^

    Beijos Joi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, é um evento grande, difícil encontrar alguém. E eu nem esperava ir mesmo nesse evento, na próxima a gente combina direitinho.

      Bites!

      Excluir
  4. Tary, é realmente uma pena que eu não consegui ver vocês na Bienal, mas prometo que da próxima vez eu mando um SMS ou uma mensagem para que eu possa encontrar todos. Quanto à Luna, faça ela sim. Até eu estou com vontade de fazer cosplay do Alvo Dumbledore. Quem sabe até o ano que vem o meu cosplay sai?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem sabia que você tinha ido, na próxima a gente combina antes de se encontrar, aí é sem erro. Vamos montar grupinho <3

      Bites!

      Excluir
  5. É uma pena que eu nunca possa ir, pois é muitíssimo longe de onde eu moro. Mesmo assim gosto muito de ver posts sobre *-----* Adorei os Cosplayers que amor <3

    www.livrosenerdices.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O jeito é fazer um pequeno investimento para isso né? Juntar uma graninha e programar uma viagem, pegar um hotel ou até a casa de algum amigo e vir. Pode ter certeza que vale bastante a pena!

      Bites!

      Excluir
  6. A Bienal desse ano foi ótimo, consegui ir em dois dias. Quem sabe na próxima a gente não combina e se encontra ^^

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu gostei bastante da bienal no quesito conteúdo.
    Teve muito estande interagindo com os visitantes e achei isso o máximo, mas em relação a preços foram poucos que chamaram a minha atenção =/

    www.saidaminhalente.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, a interatividade, brindes e atrações dos standes desse ano estavam bem legais, mas em questão de preço, foi a pior Bienal de todas, até o ingresso de final de semana era mais caro.

      Bites!

      Excluir
  8. Ai, fiquei com invejinha, hahah! Eu sempre quis ir em uma Bienal, mas moro no Sul, então não é muito viável (ainda).
    Mas, mesmo sem nunca ter ido a uma Bienal, aprendi uma coisa: não é o melhor lugar para comprar livros. Todas as pessoas que falam sobre o evento me fizeram compreender que, de fato, os preços não são os mais bacanas (só se garimpar bastante meeeeesmo), então, se um dia eu tiver a oportunidade de ir, vou me concentrar nas seções de autógráfos, encontrinhos, etc.

    Adorei o post, beijo!
    literarizandomomentos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. Para comprar realmente, não da pra ir com isso em mente. Tem os stands de 10, mas assim, não da pra achar aquele livro da sua lista, da pra achar umas coisas legais, mas achar justamente o que você quer não rola né? Só a Martins que é firmeza que toda Bienal põe tudo na metade do preço. Fique de olho em autores independentes e stands pequenos, são boas opções.

      Bites!
      Tary Belmont

      Excluir
  9. Nunca fui na Bienal de SP, mas morro de vontade de ir. Sei que a daqui de Minas não chega nem aos pés da daí que tem tanta atração legal e os estandes capricham muito mais.
    Adorei o post pois pude conhecer um pouco mais desse evento aí em SP.
    Adorei as fotos também!
    E você ficou super fofa de Emília ^^
    Quando eu vou na Bienal, também saio cheia de novas aquisições.. na última, se não me engano, foram uns 15... rs
    bjin

    http://monevenzel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E a do Rio é ainda maior que a daqui! É um evento super bacana, e como acontece a cada 2 anos, ta tempo de "se recuperar". Conheço meninas dai de Minas que viajaram para cá. Dá trabalho, mas conhecendo a Bienal, é uma viagem que super compensa. Só tem que trazer uma mala extra. Obrigada <3

      Bites!

      Excluir